Convict Conditioning – Dia 22

por Hugo

Comecei o condicionamento há três semanas, focado apenas nas flexões de braço e no levantamento de perna. Como acho que estabeleci razoavelmente o hábito, sexta-feira vou acrescentar o terceiro dos quatro exercícios básicos – o agachamento. Não vou dizer que é tranquilo porque não tenho aptidão física para quase nada, mas, ao menos, não é uma luta terrível como com as flexões nem algo impensável como o derradeiro exercício dos quatro principais – a flexão na barra.

Pushup
Step 01: Wall Pushup
3 sets of 50
Desempenho bastante tranquilo. Algum cansaço muscular posterior no dia.

Como eu já tinha atingido este patamar na semana anterior, não foi problema repetir o feito. Com isso, estou oficialmente promovido para o Passo 2 da série de flexões de braço: a flexão inclinada. Foi neste nível que eu interrompi o treinamento nas outras duas vezes e, portanto, sei muito bem que existe uma diferença bastante grande na dificuldade entre a flexão vertical na parede e a flexão em cerca de 45º.

Aliás, isso me lembra uma coisa muito importante! Quando você estiver chegando perto do que é requerido para progressão, vá procurando na sua casa o que será necessário para começar o passo seguinte. Da primeira vez, quando atingi a progressão para o passo 2 da flexão na barra, descobri no primeiro dia do novo exercício que a minha mesa tombaria se eu a utilizasse como apoio. Resultado: fiquei duas semanas repetindo o primeiro exercício até conseguir alguma coisa adequada para fazer o segundo – e, mesmo assim, foi bem na base da adaptação.

Leg Raise
Step 01: Knee Tuck
2 sets of 25, 1 set of 10
No último trecho do segundo set, pernas trêmulas. No terceiro set, cansaço muscular.

Treinamento físico – como qualquer outra coisa – não é apenas um conjunto de regras cartesianas, mas envolve bastante a compreensão dos seus limites e das condições do seu corpo. Eu costumo estabelecer como uma esperança puramente teórica e mental o avanço de 5 repetições por série. Sei que está expectativa terá que ser reduzida quando eu encontrar os primeiros exercícios realmente complicados – na verdade, acho que logo terei que diminuir o ritmo de progressão na flexão inclinada de braço.

Às vezes, calha do contrário acontecer. É excepcional e é preciso bastante cautela para não exaurir suas forças e passar dias se movendo como um zumbi ou sofrendo com dores musculares, mas acontece. Neste caso, era hora de atingir o nível intermediário do passo, ou seja, 2 séries de 25 repetições. Quando terminei a segunda série, minhas pernas estavam trêmulas, mas os músculos ainda tinham força.

Resolvi me arriscar e começar o que seria feito na semana que vem – a terceira série com as 10 repetições iniciais. Deu certo, apesar de terminar com uma sede violenta. Sempre bom receber um pequeno incentivo moral.

Anúncios